O deputado estadual, Abdala Fraxe (Podemos), vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC-Aleam) participou, na última sexta-feira (15), de uma audiência pública em Silves (a 264 quilômetros de Manaus) para tratar sobre os problemas de inadimplência nas contas de água dos moradores. Mais de cem pessoas estiveram presentes.

Conforme o deputado, 70% da população tem pendências nas suas contas de água. Um dos problemas, segundo ele, é o fato de o posto bancário do Bradesco instalado no município só receber cinco contas, por dia, dificultando os moradores de realizar o pagamento das suas faturas em dia. Outra situação são os altos juros cobrados nas contas vencidas, algumas com mais de cinco anos de inadimplência, que chegam a R$ 3 mil.

“Notificaremos o Bradesco sobre a situação do posto bancário de Silves, que tem dificultado a adimplência da população. Além disso, levaremos os casos dos moradores com mais de cinco anos de dívida ao Ministério Público, para que seja utilizado o sistema de anistia”, informou Fraxe.  

O parlamentar disse que, ainda nesta semana, repassará o caso em audiência na capital, ao Ministério Público de Contas (MPC), com a presença de representantes da Câmara Municipal e Prefeitura de Silves.