Bruno Gagliasso entrou com um processo contra o programa de Sonia Abrão, na RedeTV!, por conta de fake news. Após Alessandro Lo Bianco afirmar no “A Tarde é Sua”, que o contrato do ator com a TV Globo estaria correndo o risco de ser quebrado, o artista decidiu acionar seu advogado.

“Fica a cargo da Justiça [decidir sobre uma eventual indenização], que vai analisar a intensidade do dano, a capacidade das partes e o caráter pedagógico punitivo que essa indenização deve representar”, disse Ricardo Brajterman, representante legal do famoso.

E continuou ao revelar que tentará uma punição maior para o responsável por disseminar a notícia falsa: “Vai ter um processo cível por conta da fake news e estamos estudando se caberá uma ação criminal por difamação e calúnia contra os integrantes do programa”.

O advogado explicou o que revoltou seu cliente nas declarações do jornalista. “Ele ficou indignado, pois é embaixador de movimentos sociais e uma notícia dessa coloca em dúvida a credibilidade de uma pessoa séria”, contou.

Vale lembrar que Gagliasso teve que ser internado para se submeter a uma cirurgia para retirada de pedra nos rins. Devido ao problema de saúde, o artista teve que se afastar das gravações de “O Sétimo Guardião” – trama das 21h da TV Globo. Até mesmo Aguinaldo Silva, autor do folhetim, ficou chateado com a ausência do protagonista da história e desabafou na web.

“[…] Moral da história, em uma telenovela a única pessoa insubstituível é o autor, meus queridos… Pois só ele é dono e senhor das tramas e sabe como elas irão se desenvolver no futuro. […]”, disse nas redes sociais.

(Famosidades)