Referência para jovens em busca de orientação vocacional e integração com o mercado de trabalho, a Feira Norte do Estudante (FNE) está completando 10 anos em 2019. A edição comemorativa já tem data marcada: será de 25 a 27 de setembro, das 9h às 22h, no Manaus Plaza Centro de Convenções.

Assim como nos anos anteriores, o evento terá acesso gratuito e oferecerá uma ampla programação com a presença de especialistas de diversas áreas do conhecimento. Estudantes indecisos poderão entrar em contato direto com àquela profissão que parece atraente para saber como é o dia a dia de trabalho, quanto se ganha, como se especializar e outras questões relevantes na hora de escolher qual carreira seguir.

Realizada uma vez por ano, a feira recebe, em média, 30 mil visitantes que procuram direcionamento ou recolocação profissional. Na edição passada, o evento teve mais de 160 atividades, 120 palestrantes e 70 convidados, entre artistas, escritores, jornalistas e outros profissionais.

Segundo a coordenadora da iniciativa, Inês Daou, a FNE foi idealizada e desenvolvida em 2010, com a proposta de transformar o cenário da educação na região, facilitando o acesso à informação.

“A Feira Norte do Estudante é um negócio social que há dez anos vem auxiliando milhares de jovens gratuitamente, gerando empregos e discutindo educação durante 39 horas em três dias de evento”, destaca.

O processo de produção da feira, com duração de 6 meses, envolve a participação de mais de 60 profissionais e 20 empresas fornecedoras. Além de apresentar as opções de carreira disponíveis e as tendências do mercado de trabalho, o evento reúne as principais instituições de ensino superior do Norte, que aproveitam o espaço para apresentar seus cursos, metodologias e diferenciais.

“Em muitos casos, é o primeiro contato do estudante com o universo acadêmico. Normalmente, as universidades trazem professores e alunos para conversar com os visitantes sobre métodos de ensino adotados, grades curriculares, cursos oferecidos, entre outros aspectos importantes para os vestibulandos”, explica Inês.

A área de exposição, intitulada “Salão de Oportunidades”, também reúne cursos preparatórios e profissionalizantes, escolas de idiomas, empresas de estágio e seleção, entre outras. Mais de 30 instituições participaram da edição passada da feira.