A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de São Gabriel da Cachoeira, sob o comando da delegada Grace Jardim, deflagrou naquele município, na noite do último sábado (23/3), a operação “Tainá Suri”, onde foram retirados de uma casa noturna 15 adolescentes. Na ocasião, sete deles foram apreendidos após apresentarem Registro Geral (RG) falso durante a abordagem policial.

De acordo com a delegada Grace Jardim, a ação teve por objetivo averiguar denúncias sobre a venda de bebidas alcoólicas e permanência de menores de 18 anos em casas noturnas naquele município. Participaram dos trabalhos policiais militares, guardas municipais e servidores do Conselho Tutelar de São Gabriel da Cachoeira.  

“Essa ação foi deflagrada em razão de termos percebido que os adolescentes do município têm se viciado cada vez mais cedo em substâncias entorpecentes e bebidas alcóolicas. Por isso, o índice de criminalidade tem crescido entre os menores de idade. Esse trabalho visa destacar que estamos monitorando essa situação e precisamos que as casas de shows e bares respeitem a faixa etária de entrada nesses locais”, argumentou Jardim.  

A autoridade policial ressaltou que durante a fiscalização em um dos estabelecimentos, as equipes identificaram 15 adolescentes no lugar. Sete deles apresentaram RGs falsos e foram conduzidos para a delegacia. Eles irão responder por atos infracionais análogos aos crimes de uso de documento falso e falsidade ideológica. “O estabelecimento foi advertido e o fato foi comunicado ao juiz da Comarca de São Gabriel da Cachoeira, que deverá tomar as providências cabíveis”, disse.