Policiais civis do 33º Distrito Integrado da Polícia (DIP) em Manaquiri (a 156 quilômetros de Manaus) prenderam, em flagrante, no último sábado (16/03), um casal por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Além deles, um homem acusado de latrocínio e homicídio contra o próprio pai também foi preso.

Jeferson Vitinha da Silva, 24, e Maria Paula da Silva, 29, foram presos durante uma operação comandada pelo delegado Ivo Cunha e pelo capitão da Polícia Militar Mauro Amaral, na localidade Barro Alto, na sede do município.

Com a atuação integrada que resultada na prisão da dupla, os órgãos de Segurança Pública conseguiram desarticular um ponto de venda de entorpecentes no município.

Homicídio – No domingo (17/03), policiais do 33º Dip, com apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), prenderam Jovane Carvalho de Souza, 35, suspeito da autoria de um latrocínio que teve como vítima Jason Pereira da Silva, 38. Ele também foi preso acusado de tentativa de homicídio contra o próprio pai, Sebastião Leite da Silva, 65 anos. Os crimes foram cometidos na sexta-feira (15/03), na comunidade Bom Pastor, na zona rural de Manaquiri.

O autor dos crimes foi transferido para uma unidade prisional em Manaus por conta da revolta da população e de uma possível tentativa de linchamento.

 
De acordo com o delegado Ivo Cunha, o homem confessou ter efetuado os disparos contra as vítimas e é um elemento de alta periculosidade, tendo sido preso em 2013 também por ter cometido um homicídio em Manaquiri.
 
“Mais uma vez, as polícias Civil e Militar, trabalhando juntas, elucidaram os crimes em menos de 24 horas, mostrando que no município as forças de Segurança do Estado têm controle absoluto contra os criminosos que investirem contra a sociedade”, disse o delegado Ivo Cunha.