Simone Bentes e o marido dela, Kirk Bentes, escolhidos pelo governador para Afeam, serão alvo de investigação do MPE

O Ministério Público do Estado (MPE), segundo portaria assinada no dia 08 deste mês, pelo promotor Edison Queiroz Martins, instaurou Inquérito Civil Público para apurar eventuais atos de improbidade administrativa e lesivos ao erário praticados por Simone Amorirm Aguiar Bentes e o marido dela, Kirk Douglas de Lima Bentes, ambos servidores da Agência de Fomento do Amazonas (AFEAM).

A decisão do MPE foi amparada em notícia fato n. 039.2018.000642 que traz no seu bojo fortes indícios enriquecimento ilícito e fraudes em diversas operações financeiras no âmbito da Afeam arquitetadas tanto e Simone quanto de Kirk Douglas.

De acordo com o processo, o alvo preferido do casal foram as operações financeiras, conduzidas por Simon benefício próprio e de familiares.

Simone Amorim Aguiar e Kirk Douglas são acusados, também, de suposta fraude no programa “Cartão Zona Franca Verde” e em operações com o Hotel Amazônia Resort, além de operação de crédito concedida à Cooperativa dos Beneficiadores de Produtos Agroextrativistas de Amaturá de R$ 170.880,40.

O crédito foi concedido para aquisição de castanha o Brasil in natura.

Simone foi indicada pelo governador Wilson Lima (PSC) para continuar no comando da Gerencia Gerência de Acompanhamento e Cobrança (Gecob) em sua gestão da Afeam.

Veja