Ação conjunta em Novo Airão de policiais resulta na prisão de homem acusado de tentativa de homicídio - Fato Amazônico


Ação conjunta em Novo Airão de policiais resulta na prisão de homem acusado de tentativa de homicídio

Uma ação conjunta de policiais civis da 77ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Novo Airão e policiais militares que atuam no 6º Grupamento de Polícia Militar (GPM), sob o comando do delegado, Gláucio Oliveira, naquele município, distante 115 quilômetros em linha reta da capital, prendeu na sexta-feira (13/04), às 16h30, José Dulsalan da Silva Júnior, 25, por tentativa de homicídio.

De acordo com o delegado, o crime aconteceu na tarde daquele mesmo dia, por volta das 16h, em via pública, no bairro Chicó. Conforme o titular da 77ª DIP, as diligências em torno do caso tiveram início quando José esteve na delegacia, com sinais visíveis de embriaguez, minutos depois de usar uma faca para golpear o abdômen de um homem de 28 anos, vizinho do infrator. Na ocasião, José Dulsalan informou que havia sido agredido pela vítima.

“Após a comunicação da agressão, os policiais se deslocaram até o local indicado para averiguar a veracidade das informações repassadas. No lugar, testemunhas afirmaram que, na verdade, José havia atentado contra a vida do vizinho dele, atingido com um golpe na barriga. Em seguida, as equipes apreenderam a faca de cozinha utilizada na ação criminosa”, argumentou Oliveira.

Cirurgia – De acordo com o delegado, a vítima foi transferida para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na capital, onde foi submetida a cirurgia e permanece em observação. “Nós ainda estamos investigando os reais motivos do desentendimento entre o autor e a vítima”, disse.

Flagrante – José foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis na 77ª DIP, o infrator irá permanecer na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça.