Ação conjunta resulta na prisão de dupla com meio quilo de skunk, em Santa Isabel do Rio Negro - Fato Amazônico


Ação conjunta resulta na prisão de dupla com meio quilo de skunk, em Santa Isabel do Rio Negro

Uma ação conjunta com policiais militares e lotados na 76ª Delegacia Interativa de Polícia naquele município, distante 630 quilômetros em linha reta da capital, realizou, na tarde de sexta-feira (18/5), as prisões, em flagrante, de Genilson Jacinto Neto Rodrigues Delgado, 28, conhecido como “Paiote”, e do primo dele, Maikon Rodrigues de Albuquerque, 27, o “Maikão”, por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Aldiney de Brito, os policiais chegaram até Genilson após receberem denúncias anônimas, informando que o infrator teria despachado, em uma embarcação, uma quantidade de drogas para um município vizinho. Para constatar a veracidade da delação, as equipes saíram em diligências e conseguiram encontrar “Paiote” na residência da mãe dele, situada no bairro São Judas Tadeu.

“Após a abordagem, Genilson acabou revelando que tinha embarcado uma encomenda, em uma das agências de navegação do município, mas que não sabia o que tinha dentro do pacote despachado porque teria feito apenas um favor para o primo dele, o Maikon”, explicou o delegado.

Em continuação às diligências, os policiais seguiram até a embarcação mencionada por Genilson e conseguiram apreender a embalagem contendo, aproximadamente, meio quilo de maconha do tipo skunk. “Seguindo os trabalhos, seguimos até um comércio, onde o Maikon estava, no Centro de Santa Isabel do Rio Negro. O infrator negou que tivesse deixado essa encomenda para Genilson enviar”, destacou o titular da unidade policial.

Conduzidos à delegacia, os infratores foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis, a dupla ficará detida na carceragem da 76ª DIP, à disposição da Justiça.