Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Aproximadamente 50 ambulantes foram retirados ontem pela manhã da rua Tabelião Lessa, que passa ao lado do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, no Centro. A ação foi coordenada pela Prefeitura de Manaus, foi meio das secretarias de Feiras e Mercados (Sempab), Centro (Semc), Limpeza Pública (Semulsp), Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e Polícia Militar (PM). Esta não é a primeira vez que o comércio é montado de forma ilegal nos arredores do Mercadão, desobedecendo o poder público.

A nova ação começou com uma conversa de conscientização com os ambulantes, sobre a não permanência deles no entorno do mercado. Em seguida, fiscais da Sempab fizeram a retirada das bancas do local e recolheram os produtos. Muitos deles estavam estragados e ofereciam riscos à saúde.

Os ambulantes, vendedores de frutas, verduras e peixes tinham o apoio de aproximadamente 20 canoeiros, que abasteciam as bancas. O comércio irregular se instalou no entorno do Mercado, prejudicando as vendas dos permissionários do Adolpho Lisboa. A prática não é autorizada pela Prefeitura de Manaus, que também vem tentando conscientizar a população a não incentivar este tipo de comércio.

“É importante ressaltar que a população deve levar em conta não só o preço, mas a qualidade do produto que está sendo vendido aqui, de maneira inadequada. Frutas e verduras mal acondicionadas e pescado de péssima qualidade, o que pode colocar em risco a saúde das pessoas. Por isso, a população deve evitar comprar onde a procedência do produto e a qualidade, são duvidosos”, enfatizou Glauco Francesco, secretário da Semc.

A ação de retirada dos ambulantes do local foi pacífica e terminou por volta de 8h30 da manhã. De acordo com o secretário Fábio Pacheco, da Sempab, a fiscalização nessa área vai ser intensificada para evitar que os ambulantes retornem outra vez. Após a retirada do comércio irregular, a rua foi lavada e o espaço devolvido à população.

A permanência de ambulantes no entorno do Mercado Municipal Adolpho Lisboa não é permitida. Denúncias podem ser feitas à Semc pelo telefone 3631-2982 ou para a Sempab pelo telefone 3663-8488.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •