Ações marcam os cinco anos do programa O Amor é Capaz - Fato Amazônico

Ações marcam os cinco anos do programa O Amor é Capaz

São Paulo, SP… [ASN] – Praticar o amor ao próximo é o objetivo de uma iniciativa que estimula a sensibilidade, a criatividade e traz sentido a vida de estudantes do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus São Paulo. No decorrer do mês de abril, 15 iniciativas sociais marcaram o aniversário do progrmaa O Amor é Capaz que completou cinco anos e estimula o amor ao próximo através de ações de solidariedade e atitudes simples.

Como parte das atividades , no dia 3 de maio cerca de 20 alunos e integrantes do Jovem Coral Unasp se uniram para doar sangue em um hospital da cidade de São Paulo. O desejo de fazer gestos de amor também levou um grupo de universitários até a Avenida Paulista. Abraços, sorrisos e aproximadamente mil exemplares dos livros A Grande Esperança e A Única Esperança foram entregues para as pessoas que passaram no local, que é bastante conhecido pelas manifestações populares e sua importância econômica.

A ação planejada pelos próprios estudantes acorreu na manhã do dia 26 de abril, horas antes de mais uma marcha em defesa da legalização do uso da maconha. Antes dessa manifestação, a esperança de um mundo diferente, conforme proposto por Cristo, passou por ali e deixou sua marca na vida de pessoas comuns e de moradores de rua.

Apoio necessário

Grupo ainda arrecadou alimentos e preparou 90 cestas básicas que foram entregues em comunidade carente

A aluna do curso de Psicologia Sara Freitas conta que se emocionou ao presenciar a reação de um mendigo que passava pela calçada da Avenida enquanto os jovens sorriam e ofereciam abraços. Segundo ela, de início ele fechou a cara quando alguém lhe desejou um bom dia. Mas pouco depois estava de volta. “Ele disse que por muitos anos não havia recebido um bom dia e achava que já não existia isso por essa falta de atenção das pessoas. Contou que ficou muito emocionado, gostou da recepção do grupo e recebeu um abraço”, descreve a universitária.

Estudantes do ensino médio do Colégio Unasp levaram doações de roupas e alimentos para a organização não-governamental (ONG) Projeto Vida Nova, que fica próxima ao campus e atende crianças carentes da zona Sul de São Paulo.

Os calouros arrecadaram alimentos e produtos de higiene com o objetivo de oferecer a famílias pobres uma Páscoa mais feliz. A campanha, executada em um final de semana antes da festividade cristã, reuniu cerca de 430 universitários de diversos cursos da instituição que foram até a comunidade Jardim Colombo para entregar cestas para 90 famílias. Essa comunidade é considerada a terceira maior da capital paulista. Cada casa visitada recebeu uma oração e uma breve mensagem sobre o verdadeiro significado da Páscoa.

Um simples gesto

Diagnosticado com uma doença neurológica que dificulta o desenvolvimento físico, o pequeno Miguel, de apenas um ano de idade, recebeu carinho e amparo ao ser adotado pela família de dona Helena do Nascimento. Apesar das dificuldades, a nova família teve disposição para cuidar dele oferecendo afeto e cuidado.

Só na Avenida Paulista estudantes distribuíram mil exemplares dos livros A Grande Esperança e A Única Esperança

Ao ser atendido na Policlínica do Unasp-SP, as estudantes do curso de Fisioterapia, Letícia Simões e Sandra Dutra, se comoveram ao conhecer a história do garoto durante o estágio que realizam. Letícia pediu ajuda do coral em que participa e em pouco tempo fraldas e doações em dinheiro puderam atender a uma necessidade urgente.

“Eu sempre orei a Deus pedindo uma oportunidade de ajudar alguém. E coincidiu de no mesmo mês do O Amor é Capaz eu conhecer a história do Miguel. Estou muito feliz de ser usada por Deus não apenas para cantar, mas realmente mostrar que o amor é capaz”, destaca Letícia.

O diretor geral da instituição, Hélio Carnassale, acredita que cada gesto praticado por meio do programa testifica sobre os princípios e a missão do Centro Universitário em servir e amar o semelhante.

Abaixo, veja a reportagem em vídeo. [Equipe ASN, Murilo Bernardo]