Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Alexandre Bezerra Lins, o sedutor de Presidente Figueiredo, pediu exoneração do cargo de secretário Municipal de Turismo, Empreendedorismo e Comércio. O pedido de exoneração foi em caráter irrevogável.

E por que pediu exoneração do cargo. Muito simples.

Alexandre Bezerra Lins foi denunciado na polícia pela ex-servidora Kamila Fernanda Alves de Almeida por assédio sexual.

E como não conseguiu entre outros babados uma foto no banho “bem sensual”, Alexandre passou a perseguir Kamila que, incontinente, levou o caso para o prefeito Romero Mendonça, que fez aquele mise en scene para proteger o amigo.

Romero demitiu Kamila que, indignada, botou a boca no trombone. A pressão foi tão grande que o sedutor e mulheres indefesa não suportou e pediu penico.

Na carta ao amigo Romero, Alexandre, o sedutor, escreveu: “deixo essa equipe vencedora com a consciência tranquila(será?) de que a minha postura é reta e proba, e tenho minha vida como um livro aberto, tenho uma filha e uma família que preservo, e quero deixar Vossa Excelência e a equipe de governo livres, para que todas as questões que se lançam sobre minha administração e minha vida pessoal sejam discutidas em foro próprio, para o bem do nosso município”.

Patético!

Acusado de assédio em Figueiredo, Alexandre Lins ganha de presente do prefeito a exoneração da servidora denunciante

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •