Acusado de tráfico consegue liberação de R$ 280 mil na Justiça - Fato Amazônico




Acusado de tráfico consegue liberação de R$ 280 mil na Justiça

O acusado de tráfico de drogas Alderlan Lima de Araújo, conseguiu a liberação de R$ 288 mil apreendidos na “Operação 40 Graus”, desencadeada pela Polícia Civil em outubro do ano passado. O dinheiro foi encontrado em poder da esposa do requerente, também acusada de tráfico, Patrícia Oliveira da Silva, 30, executada a tiros na madrugada do dia 17 de dezembro de 2011.

O dinheiro, apreendido em poder de Patrícia, irmã do traficante Frank Oliveira da Silva, o “Frankezinho do 40”, morto este ano, foi liberado no mês passado pelo juiz Francisco Pessoa Almada, da 2ª Vara Especializada de Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes, que em seu despacho, afirma apenas se manifestou nos autos, acolhendo o pedido de cumprimento de sentença proferida por sua antecessora, que extinguiu o processo com relação acusada Patrícia Oliveira da Silva, “sem que esta tenha determinado o perdimento dos bens para a União e sem interposição de recurso pelo Ministerio Público à época, ou por qualquer das partes”.

A promotora de Justiça, Tereza Cristina Coelho da Silva, junto a 2ª Vecute, apelou contra a decisão do juiz, mas os autos ainda não foram encaminhados ao Tribunal de Justiça do Amazonas.

De acordo com Francisco Almada, a apelação proposta pelo Ministério Público, não encontra respaldo em nenhum dos itens elencados do art. 593 do CPP.