Acusados da morte de britânica em ilha no rio Solimões chegam a Manaus - Fato Amazônico




Acusados da morte de britânica em ilha no rio Solimões chegam a Manaus

Jardel Pinheiro Gomes, 19, o “Kael”; Erinei Ferreira da Silva, 28, conhecido como “Alfinete”, e Arthur Gomes da Silva, 19, o “Bera”, acusados de participarem do latrocínio (assalto seguido de morte) que teve como vítima a britânica Emma Tamsin Kelty, de 43 anos, desembarcaram em Manaus, na tarde desta quinta-feira no Aeroclube e seguiram direto para o 12º Distrito Integrado de Polícia.

Evanilson Gomes da Costa, chamado de “Baia”, também envolvido no latrocínio da britânica, foi vítima de homicídio ocorrido na madrugada de ontem (20), em Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital.

Nas investigações do crime de repercussão internacional, os policiais já recuperaram um celular, a câmera modelo GoPro e um chip eletrônico que foram roubados da vítima.

A canoa utilizada pelos infratores, o caiaque utilizado pela britânica, e os pertences dela recuperados, chegaram na manhã desta quinta-feira, em Manaus, para serem periciados, com a finalidade de encontrar material biológico da vítima.