Advogado é preso por dirigir embriagado em Manaus - Fato Amazônico




Advogado é preso por dirigir embriagado em Manaus

O advogado, Saulo Moyses Rezende a Costa, 29 anos, conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Amazonas, foi preso ontem por policiais militares por dirigir embriagado.

Os policiais, apresentaram Saulo Moyses, no 12º Distrito Integrado de Polícia, no Parque das Laranjeiras, depois de no teste do bafômetro dar 1.08.

A nova lei, ao ser constatada a embriaguez, a multa é de R$ 1.915,30, recolhimento da habilitação, suspensão do direito de dirigir por doze meses, além da retenção do veículo até a apresentação de um condutor habilitado.

A lei prevê, ainda, que caso o motorista reincida na mesma infração dentro de um ano, o valor da multa será duplicado e poderá chegar a R$ 3.830,60, além da suspensão do direito de dirigir por doze meses.