Agricultores do Careiro da Várzea recebem auxílio para escoamento da produção rural - Fato Amazônico


Agricultores do Careiro da Várzea recebem auxílio para escoamento da produção rural

Agricultores da Associação de Produtores Orgânicos (Renascer) do município de Careiro da Várzea receberam, na manhã de ontem (30/01), um caminhão-baú que vai auxiliar no escoamento da produção local. A associação está localizada na comunidade Peniel do Areal, no ramal do Cobra no Km 6,7 e possui 22 famílias associadas.

A entrega foi feita pelo secretário da Sepror, José Aparecido, que juntamente com o diretor-presidente do Idam, Luiz Carlos do Herval Filho e o gerente do Idam Careiro da Várzea, José Farias, visitaram algumas propriedades.

Segundo o Secretário José Aparecido, esse momento vem de encontro à determinação do governador Amazonino Mendes de fortalecer o setor primário. “O caminhão certamente será de grande utilidade para o escoamento da produção e vai ajudar muitas famílias a produzir em grande escala, gerando desenvolvimento e qualidade de vida”, afirmou o secretário.

Convênio – O veículo, que tem capacidade de 5 toneladas, foi adquirido com recursos de convênio firmando entre o antigo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) do governo Federal e o Idam no ano de 2012 e vai auxiliar o escoamento dos produtos orgânicos, como o abacaxi, tucumã, pupunha, cupuaçu, biribá, mandioca, macaxeira, banana, entre outros produzidos pela associação.

Comercialização – Para o presidente do Idam, Luiz do Herval, a grande vantagem para os as famílias da comunidade, será a comercialização. “Esse caminhão ficará sob a administração da associação, e assim, os agricultores vão poder levar esses produtos para Manaus com mais tranquilidade, combinando o dia da colheita e podendo vender seus produtores por melhores preços, já que não precisam pagar frete. E agora o objetivo é aumentar a produção”, explicou Luiz do Herval.

Segundo o presidente da Associação Renascer, Jorge Luiz dos Santos, os produtores receberam o auxílio no escoamento com muita alegria. “Hoje nós não somos mais esquecidos, sempre digo para os meus amigos agricultores: nós fazemos algo importante, produzimos alimentos de qualidade para levar pra capital. Por isso, só temos a agradecer ao Governo do Amazonas. Através do Idam e todo sistema Sepror, estamos conseguindo crescer a cada dia”, afirmou ele.