Campanha de Conservação do Livro e Material Didático é iniciada nas unidades da rede municipal de ensino. Fotos: Cleomir Santos/ Semed.

A Campanha de Conservação do Livro e Material Didático já começou nas escolas municipais de Manaus e segue até o final de março. A atividade é voltada para todas as 367 unidades da prefeitura que possuem ensino fundamental, em homenagem ao Dia Nacional do Livro – 27 de fevereiro – para sensibilizar alunos, pais e professores para a importância de manter os livros didáticos em boas condições de uso.

Desde 2010, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) realiza a ação de conscientização, sempre no começo do ano letivo, com diversas atividades para ensinar os alunos como conservar os materiais, principalmente para estudantes do 6° ao 9° ano do ensino fundamental, uma vez que seus livros são reutilizáveis e precisam ser devolvidos ao final do ano, a fim de que outros estudantes façam o uso no próximo ano letivo.

A coordenadora interina do Programa Nacional do Livro e Material Didático na Semed, Ana Carolina Queiroz, explica que em 2019 se encerra o ciclo de utilização dos livros, por isso, os discentes deste ano poderão ficar com o material didático ao final das aulas. Ainda segundo a coordenadora, em virtude do Decreto 9.099/2017, os ciclos de utilização de livros que antes eram de triênios, passarão a ser de quadriênios.

“Esse decreto também determina que os livros do 1º ao 5º ano do ensino fundamental passem a ser consumíveis, isso quer dizer que esses livros não precisam ser mais devolvidos no fim do ano. Já os exemplares do 6° ao 9° ano devem ser devolvidos, exceto neste ano que acaba o ciclo do triênio”, acrescenta.

A campanha busca criar senso de responsabilidade nos alunos e, no caso dos estudantes do 6º ao 9º ano, trabalhar a consciência de que precisam conservar, porque outros discentes utilizarão os livros didáticos nos anos seguintes. 

Campanha de Conservação do Livro e Material Didático é iniciada nas unidades da rede municipal de ensino.
Fotos: Cleomir Santos/ Semed.

Prática

Na Escola Municipal Profª Elizabeth Beltrão, localizada no bairro Santa Etelvina, zona Norte, a ação relacionada à Campanha de Conservação do Livro e Material Didático foi realizada na última semana e envolveu alunos do 3º ao 5º ano. No primeiro momento, uma palestra chamou a atenção sobre a importância do livro didático, além de sua conservação e bom uso. Em seguida, os alunos assistiram um vídeo sobre a evolução histórica e origem do livro didático e, por fim, houve uma oficina de preservação.

A bibliotecária da escola, Cristyanne Uhlmann, destacou que a atividade buscou conscientizar os alunos sobre o cuidado que devem ter com livro didático. “O principal objetivo é mobilizar os alunos, pais e professores em relação à importância de conservarem o livro didático, uma vez que ele vai ser utilizado o ano inteiro como fonte de conhecimento, aprendizado. Esse é o principal objetivo da campanha, demonstrar o cuidado que se deve ter com o livro e todo o material escolar”, disse.

A estudante do 4º ano, Ana Carvalho, de 9 anos, gostou muito das ações na escola e aprendeu a lição. “Aprendi que para o livro ficar bonitinho, conservado e para eu usar bastante tempo preciso cuidar bem dele”, falou.