Alunos da Semed participarão de 51 projetos de iniciação científica - Fato Amazônico

Alunos da Semed participarão de 51 projetos de iniciação científica

Alunos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participarão de 51 projetos de iniciação científica por meio do Programa Ciência na Escola (PCE), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), neste ano.

O programa será executado nas unidades educacionais de maio a outubro. Durante esse período, 255 alunos integrantes dos projetos, do 6º ao 9º ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), receberão bolsa no valor de R$ 120. O professor receberá R$ 461, além do apoio técnico de R$ 360, durante o período do programa.

A Escola Municipal Deputado Ulisses Guimarães, no conjunto Amazonino Mendes, Cidade Nova 5, zona Norte, vai participar do PCE com um total de dez projetos, entre científico e tecnológico.Um deles é o intitulado “A natureza que cura: herbário de plantas medicinais”. Serão cinco alunos bolsistas do projeto. “A ideia é fazer uma coleta de plantas, que serão ressecadas e devidamente catalogadas. Os próprios alunos vão fazer o levantamento pela redondeza da escola, depois será tudo catalogado, feito toda caracterização da planta e depois será trabalhado com os estudantes, para que eles aprendam as características medicinais das plantas”, contou Silvia Cristina, professora de ciências do 6º ao 9º ano e coordenadora do projeto.

Participando pela segunda vez do PCE, a Escola Municipal Abílio Alencar, localizada na AM-010, Km 35, zona Rural, desenvolverá o projeto “Cidadandos com a arte”, cuja meta é proporcionar a iniciação musical, com instrumentos de percussão e sopro.

“O aluno vai ter a oportunidade de aprender a música, teoria musical, fazer leitura de partitura, tocar instrumentos, onde isso vai colaborar muito com aluno, a questão da concentração, desenvolvimento das habilidades musicais e principalmente dentro da educação básica da escola”, disse.

A Semed participa do PCE desde 2008 e já aprovou 217 projetos de pesquisa científica e tecnológica ao longo desses seis anos. O total de 1.270 alunos do 6º ao 9º ano e da EJA integraram os projetos nesse período.

Implementação

Desde o último dia 17, os professores responsáveis das 20 escolas municipais participantes do PCE neste ano estão implementando os projetos via internet, no site da Fapeam, das 8h às 17h30, na Gerência de Tecnologia Educacional (GTE) da Secretaria. Os educadores terão até o dia 21 de março para finalizar esse processo, cujo atendimento também é feito para as unidades de ensino da Seduc.

Segundo a coordenadora do PCE na Semed, Socorro Freitas Gonçalves, essa fase é importante, para as escolas realizarem o procedimento correto via web e contando com o apoio da Fapeam na execução dos projetos na comunidade escolar. “Todo esse procedimento é necessário, porque depois disso, haverá o auxílio à pesquisa dos alunos, depois passando para outra etapa, em que eles vão receber a bolsa para desenvolver a pesquisa científica dentro da unidade de ensino”, explicou.