Álvaro Campelo denuncia práticas abusivas de empresas de ônibus e cobra providências - Fato Amazônico

Álvaro Campelo denuncia práticas abusivas de empresas de ônibus e cobra providências

O vereador Álvaro Campelo (PP) denunciou, na manhã de ontem, segunda-feira (4), no plenário da Câmara Municipal de Manaus, uma prática abusiva que vem sendo cometida com frequência pelas empresas de ônibus contra os usuários do transporte coletivo da capital amazonense. Segundo o vereador, os motoristas não obedecem ao pedido dos passageiros e passam direto sem parar nas paradas de ônibus, prejudicando a população que depende desse tipo de transportepara se deslocar pela cidade.

Um dos casos mais graves foi verificado na avenida Curaçao, no conjunto Cidadão V, no bairro Nova Cidade, na zona Norte. Conforme o parlamentar, o desrespeito com os usuários é constante neste local. “Recebemos diversas reclamações de que os ônibus não param mais nas paradas. Essa atitude dos motoristas afeta a população que precisa trabalhar”, afirmou Álvaro Campelo.

Discriminação

Além de passar direto pelas paradas, os motoristas também selecionam o tipo de usuário para não parar. Os mais prejudicados são os idosos e os portadores de deficiência. “Porém, há dias que todos os usuários são afetados sem distinção”, declarou o vereador.

Álvaro Campelo cobrou que a Prefeitura de Manaus tome medidas imediatas para resolver os problemas enfrentados pelos usuários do transporte coletivo em Manaus. “Precisamos tomar providências urgentes. Temos que ir até as empresas de ônibus para tentar achar uma solução. A população, que depende do transporte coletivo, não aguenta mais conviver com esse problema em Manaus”, salientou o parlamentar.