Amazonas Energia intensifica trabalhos em municípios atingidos pela enchente - Fato Amazônico

Amazonas Energia intensifica trabalhos em municípios atingidos pela enchente

A Eletrobras Amazonas Energia iniciou a fase mais intensa do “Plano Emergencial para Enchentes”, e atua nos municípios em situação crítica no interior do Estado. O trabalho começou no início do ano, com ações preventivas nas localidades onde a subida do nível dos rios faz com que as embarcações se aproximem da rede de distribuição de energia elétrica.

As equipes da Distribuidora estão realizando algumas intervenções como: elevar a altura dos cabos em travessias de rios e igarapés; sinalizar a rede aérea com placas de alerta para embarcações; retirar transformadores e medidores onde o nível das águas ameaçam o sistema; e realizar desligamentos de vãos de rede. As medidas têm como objetivo principal resguardar a integridade física das pessoas nas áreas que oferecem risco, bem como, preservar o funcionamento dos equipamentos que atendem a população local.

Outra medida adotada pela Empresa é o desligamento de energia elétrica das casas atingidas pela enchente e precisam ser desocupadas. A medida evita a emissão de contas no período. A empresa também está lançando cabos subaquáticos em substituição às redes aéreas, que geralmente são alcançadas com a subida das águas.

Os investimentos no “Plano Emergencial para Enchentes”, somam cerca de R$ 300 mil e a força de trabalho envolvida é de 60 profissionais técnicos.

De acordo com o diretor de Geração Distribuída, José Albuquerque da Rocha, a ação da empresa será contínua, já que a enchente que hoje castiga os municípios nas cabeceiras dos grandes rios logo chegará nas regiões do médio e do baixo Amazonas, influenciando também na cheia do rio Negro.

“Esse é um trabalho que não cessa. Ainda mais este ano, que as previsões são de uma forte enchente em todo o Estado. A determinação é que todos os profissionais envolvidos no Plano Emergencial estejam atentos e atuantes no sentido de garantir a qualidade, segurança e confiabilidade do serviço de fornecimento de energia elétrica em todo o Estado do Amazonas”, afirmou.