Amazonense de Jiu-Jítsu recebe público de 20 mil em três dias de disputas - Fato Amazônico

Amazonense de Jiu-Jítsu recebe público de 20 mil em três dias de disputas

Oito zonas de combate, mais de três mil atletas inscritos e público estimado em 20 mil em três dias de competições. Este foi o resumo em números do 28º Campeonato Amazonense de Jiu-Jítsu, que ocorreu nos dias 18, 19 e 21, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, localizada no bairro de Flores, zona Centro-Sul da cidade.

Organizado pela Federação de Jiu-Jítsu do Amazonas (FJJAM), o evento contou com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel). Para os campeões foram distribuídas medalhas e brindes, além de troféus para as melhores academias que garantiram maior pontuação durante o campeonato.

Secretário da Semjel, Elvys Damasceno esteve presente nos três dias de duelos. Para ele, Manaus é um celeiro de atletas na modalidade. “Vemos a cada dia novos destaques do jiu-jítsu em nossa cidade e é uma satisfação poder observar o enorme número de pessoas que a cada dia se tornam adeptas desse esporte. Nesse campeonato observamos muitos atletas em ascensão e o quão brilhantes eles serão futuramente”, declarou.

Referência da arte suave no Brasil e no mundo, mestre Osvaldo Alves um dos poucos faixas vermelhas de jiu-jítsu, também prestigiou o campeonato. Empolgado com os confrontos, ele destacou o foco dos atletas no momento dos embates. “Pode-se ver que nesses combates são deixados de lado as classes, etnias ou religiões. O foco é somente na vitória. Esse campeonato em nada perde para outros mundiais, uma vez que é de suma importância para os lutadores do Amazonas”, pontuou.

Lutador do Ultimate Fighting Championship (UFC), o amazonense Adriano Martins, 32, causou alvoroço ao chegar ao local do evento para acompanhar de perto o desempenho dos competidores. Ele aproveitou a ocasião para rever os amigos que possui no meio esportivo e, por conta da agenda de compromissos, fica impossibilitado de encontrar com frequência.

“O Amazonas possui atualmente atletas com alto nível técnico representando o Estado mundo a fora. Posso citar como exemplos José Aldo, Ronaldo “Jacaré” e Marcos Galvão “Loro”. Participei muitas vezes do Campeonato Amazonense de Jiu-Jítsu e cada vez que venho prestigiar o evento é uma honra, pois sempre revejo amigos que treinaram ou competiram comigo”, argumentou.

O lutador Thiago da Silva, 17, faixa azul e representante da Academia Nova União Kids, foi um dos destaques do campeonato. Ele fez seis finalizações ao longo da competição. Com um currículo de mais de 120 medalhas, Thiago recebeu em 2014, das mãos do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, o título de Melhor Faixa Azul da cidade. O tetracampeão amazonense na modalidade está se preparando para conquistar o tricampeonato brasileiro.

“Campeonatos desse gênero são bastante importantes para nós, uma vez que além de ganharmos medalhas, também pontuamos no ranking oficial da Federação de Jiu-Jítsu do Amazonas, que serve como porta de entrada para competições nacionais e mundiais”, explicou Thiago.

O empresário Rosinaldo Raimundo, 29, esteve presente juntamente com a família para prestigiar o campeonato. Para ele, além de um esporte saudável, o jiu-jìtsu também prega o respeito e a solidariedade para com o próximo. “É muito bom ver o incentivo que a prefeitura vem dando a eventos esportivos em Manaus e espero que continue assim, com mais locais e modalidades abertas para o público”, justificou.

Vencedores da 28ª edição do Campeonato Amazonense de Jiu-Jítsu:

– Absoluto Adulto, Faixa Preta (Masculino):

Thiago Reinaldo, Academia Gracie Barra.

– Adulto Faixa Preta, Master 1 (Masculino):

Rafael Ferreira, Academia Monteiro.

– Adulto Faixa Preta, Master 2 (Masculino):

Hélio Rezende, Academia Check Mat.

– Absoluto Adulto, Faixa Preta (Feminino):

Fabiana Pereira, Associação Trindade de Jiu-Jítsu.

Academias campeãs de acordo com a pontuação:

– Academia Faixa Branca:

1. Associação Monteiro.

2. Nova União Jiu-Jítsu Manaus.

3. Academia de Jiu-Jítsu Elvys Damasceno.

– Academia até Juvenil Graduado:

1. Associação Nova Opção.

2. Associação Monteiro.

3. Academia de Jiu-Jítsu Elvys Damasceno.

– Academia Graduação Adulto/Master

1. Associação Monteiro.

2. Academia Check Mat.

3. Clube Orley Lobato.