Amazonino empossa os novos gestores da Sejusc, Ouvidoria e Controladoria Geral do Estado - Fato Amazônico

Amazonino empossa os novos gestores da Sejusc, Ouvidoria e Controladoria Geral do Estado

Os titulares da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejusc), da Controladoria Geral do Estado (CGE) e da Ouvidora Geral do Estado do Amazonas (OGE) foram empossados pelo governador Amazonino Mendes  ontem (19) , na sede do Governo, bairro Compensa 2, zona oeste. Na ocasião também tomou posse como secretário extraordinário  advogado Juscelino Kubitschek de Araújo.

 Amazonino agradeceu aos novos gestores – que o ajudarão na missão de reconstruir o Amazonas – pela confiança em integrar o Executivo. “Vocês não têm de agradecer, eu que agradeço pela confiança. E vamos trabalhar”, frisou.

 Responsável pela Controladoria e Ouvidoria, o advogado e economista Arthur César Zahluth Lins destacou que, além de implementar políticas públicas nos órgãos estaduais para um melhor controle interno, irá aproximar a Ouvidoria da população para a eficácia do serviço público.

 “Vamos atuar de maneira decisiva quanto à implementação de algumas medidas no Estado, voltadas para que os gestores comecem a entender o controle interno como ferramenta importante e para que eles tenham sucesso na administração pública. Com a fusão dos órgãos, nosso passo será para que não haja uma descontinuidade na ouvidoria, pelo serviço que presta à população no acolhimento de suas demandas”, declarou o controlador-geral.

 Para a Secretaria de Estado, Justiça e Cidadania (Sejusc), o administrador e funcionário de carreira do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Clizares Doalcei Silva Santana, foi escolhido pelo governador Amazonino para comandar a pasta. De acordo com o secretário, suas primeiras ações serão para fortalecer e reestruturar toda a secretaria. “Vamos fortalecer a Sejusc, principalmente na parte de cidadania, proteger os direitos humanos, que é fundamental, fortalecer a secretaria executiva para as mulheres e os centros socioeducativos, para cuidar dos adolescentes que estão internados nas casas. Enfim, são grandes os desafios pela frente e vamos reforçar a secretaria em todas as suas políticas públicas”, comentou.