Amiga de técnica em enfermagem encontrada morta posta mensagem no face dizendo que ela disse que não faria besteira e fez - Fato Amazônico




Amiga de técnica em enfermagem encontrada morta posta mensagem no face dizendo que ela disse que não faria besteira e fez

A morte da técnica de enfermagem, Maria Francisca Alves, 38 anos, encontrada morta, com uma seringa ao lado do corpo, na manhã da última quinta-feira (9), dentro de um banheiro do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do São Raimundo, Zona Oeste de Manaus, ainda é um ministério para a Polícia.

Mas a reportagem do Fato Amazônico, ao acessar a página pessoal do Facebook, de Ivonete Nascimento, amiga da vítima, ela diz: “Fran vc postou que não ia fazer nem uma besteira, e acabou fazendo o que fez….”.

Pelas palavras postadas pela amiga, que de acordo com informações do face, trabalha também na Secretaria Estadual de Saúde, ela pode saber os motivos que levaram Maria Francisca, definida pelas amigas como uma mulher alegre, a tirar a própria vida dentro da unidade de saúde em que ela trabalhava.

Em outras postagem, encontrada no face pela reportagem, a amiga Perpétua Brito diz “É muito triste o que aconteceu com nossa colega de trabalho, no entanto, acho que o momento não é apropriado para ficarmos especulando e/ou sugerindo um motivo para essa morte, pois tudo o que está postado no face da Fran são coisas típicas do seu jeito espontâneo, nada sugerindo suicídio. Somente após as conclusões da perícia é que saberemos o que de fato aconteceu. Seja como for, temos que guardar em nossa lembrança o seu jeito alegre e extrovertido de ser”.

Ela segue dizendo “Querida Francisca, estou com o coração partido, pois você era a alegria personalizada, é difícil receber uma notícia dessa, ninguém espera por algo assim. Saiba que estarás presente nas nossas memórias, lembro-me da noite divertida que tivemos juntas no Tropical Club. As fotos dizem tudo. Que Deus te abençoe!”.

Pelas postagens no face de pessoas que conviviam com Maria Francisca, dar para entender que algumas delas devem saber os motivos que levaram a moça a suicidar-se. Uma postagem em sua página pessoal no Facebook, cerca de 22 horas antes dela se matar diz: “No meu caso não há perdão e nem amor e sim ódio. ..talvez seja uma forma de esquecer mas rápido". Deixa a impressão de que ela sofreu uma grande decepção e queria esquecer.