Pastor Willie Oliver se uniu aos desbravadores para entregar à população de Barretos o livro escrito por ele (Foto: Ellen Lopes)

Por Lucas Rocha | As atividades do Campori são, em sua maioria, iniciativas com caráter pedagógico. E há algumas  em que os desbravadores podem compartilhar parte de seu conhecimento com a sociedade. Foi o que fizeram os integrantes de delegações do Brasil e do Chile nesta quinta, 10 de janeiro, ao entregarem exemplares do livro Esperança para a família: o caminho para um final feliz para a população de Barretos.

Com eles estava o próprio autor da obra, pastor Willie Oliver. Durante as duas edições do Campori Sul-americano, os participantes distribuirão 100 mil exemplares da obra – que tem uma capa personalizada especialmente para a ocasião – para os moradores da cidade anfitriã do evento.

Era aproximadamente 10 horas da manhã quando quatro ônibus estacionaram em uma rua pouco movimentada. Um trio de vizinhas conversava, como de costume, em um sofá estrategicamente colocado em um ponto da calçada para aproveitar a sombra de uma árvore durante a maior parte do dia. As amigas já têm a rotina de conversar na rua há 13 anos.

Após alguns minutos, dois desbravadores chilenos, acompanhados pelos pastores Alacy Barbosa, diretor do Ministério da Família da Igreja Adventista para oito países sul-americanos, e Willie Oliver, líder mundial da mesma área, se aproximaram das três senhoras. Barbosa – o único do grupo que falava português – fez uma rápida apresentação do livro e do projeto, e então entregou os exemplares, que cada uma das três donas de casa prometeu ler.

“A família é especialmente querida na vida da gente. Tudo o que a gente tem é a família. Foi uma felicidade receber este livro”, afirma Maria Aparecida dos Santos, de 53 anos. A doméstica também gostou de receber os desbravadores em casa. Ela não sabia quem são eles, mas elogiou a atitude dos jovens de entregarem livros gratuitamente.

Serviço para a população

Assim como no último Campori Sul-americano, em 2014, os desbravadores deram uma pausa nas atividades dentro da área de acampamento para prestar serviços aos moradores de Barretos. Além da entrega dos livros, os jovens se mobilizaram para convidar a população a comparecer nas feiras de saúde, que apresentam informações de saúde e bem-estar.

Elas acontecem em seis datas, em seis pontos do município, com atendimentos das 9h às 16 horas. Lá é possível aferir a pressão, arterial, fazer testes de glicemia, de bioimpedância, massagens, e receber orientações sobre estilo de vida e hábitos saudáveis.

Mas o que mudou em relação à entrega de livros em 2014 foi a quantidade deixada em Barretos – de 40 mil para 100 mil, crescimento de 150% – e o tema, que agora trata da saúde familiar. “As famílias têm muitas necessidades atualmente. A maior parte das pessoas têm necessidades por falta de conhecimento, e nós temos uma fonte segura que mostra o caminho para construir uma família saudável, que é a Bíblia. E este livro apresenta esses princípios”, argumenta o pastor Alacy Barbosa.

“Quando nós, como Igreja Adventista, desenvolvemos dinâmicas para melhorar a vida das famílias, estamos dizendo que queremos uma sociedade mais saudável, mais forte”, observa o pastor Willie Oliver, autor do livro. “Quando isso acontece, pais e filhos se aproximam. Quanto mais ficam juntos, mais forte é a relação entre eles.”

Para Nayele Ribeiro, de 13 anos, é um privilégio contribuir. “O melhor ainda é que os livros podem ajudar pessoas a conhecerem a Jesus”, pontua ao lado de dois amigos.

O trio já participou da distribuição em outras três oportunidades, todas com o clube, no interior do Pará. Em maio, os adventistas sul-americanos entregarão exemplares da obra em milhares de cidades. As ações farão parte do Impacto Esperança, projeto que, desde 2007 já entregou mais de 100 milhões de livros de forma gratuita.