Sob protestos, Davi Alcolumbre (DEM-AP) suspende a sessão a eleição para à Presidência do Senado e marca nova deliberação para este sábado (2), às 11h. A decisão foi tomada após Alcolumbre pedir que os senadores votassem com as mãos levantadas para quem concordasse com a suspensão.

Mais cedo, por 50 votos a 2, os senadores decidiram que a eleição para a Presidência da Casa será aberta. Antes do início da votação, parlamentares discutiram e bateram boca. O senador Renan Calheiros, um dos prováveis candidatos, e outros congressistas questionaram a legitimidade do presidente da sessão, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que também pretender concorrer.

Mais informações em instantes