Arsam e Cigás inibem invasão em faixa de segurança de duto de gás - Fato Amazônico


Arsam e Cigás inibem invasão em faixa de segurança de duto de gás

Ontem (05/06), os servidores da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) realizaram inspeção em um trecho da rua Palmeira do Miriti, no Distrito Industrial II, zona leste de Manaus, para apurar denúncias de invasão. A inspeção foi acompanhada pelos representantes da  Companhia de Gás do Amazonas (Cigás).

A invasão foi denunciada na segunda-feira (04/06), pelo representante da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Mário Lima, que, por meio do grupo de WhatsApp do Comitê de Obras Públicas Integradas (Copi), comunicou aos membros do comitê a existência de uma edificação de banheiros improvisados e não autorizados, próximos a uma parada de ônibus, em cima de uma rede de gás canalizada, sinalizada pela Cigás.

O gerente de Operações da Cigás, Flávio Fernandes, esteve no mesmo dia dialogando com os responsáveis pela construção e, na ocasião, indicou os riscos de realizar construções em áreas públicas utilizadas pela concessionária para a implementação dos serviços,e solicitou que os invasores se retirassem do local.

O chefe de Departamento da Diretoria Técnica da Arsam, José Sélvio Picanço, e os representantes da Cigás observaram que as edificações provisórias haviam sido retiradas. Ele afirmou que uma das atribuições da Arsam é intermediar conflitos com a concessionária, seja com clientes ou supostos invasores.

“Quando chegamos no local detectamos demarcações nos lotes em cima da linha de duto. Continuaremos realizando as vistorias no local, porque a função da Arsam é estar vigilante para que nada gere transtornos e falta de segurança nas áreas de dutos recém-instalados“, disse Picanço.