????????????????????????????????????
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O diretor-presidente da Arsam, Walter Cruz, e uma equipe de colaboradores da agência dos setores de engenharia, transporte e comunicação estiveram em uma reunião, ontem (30/05), no Porto do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes ( DNIT), no Careiro da Várzea (a 23,4 km de Manaus em linha reta), com representantes de associações e cooperativas de táxis, micro-ônibus e ônibus de afretamento. O objetivo foi discutir a importância da regularização dos serviços que são ofertados no município.

Na reunião, também estiveram presentes o presidente da Câmara do Careiro Castanho, vereador Júnior Melo(PSL), o prefeito do Careiro Castanho, Nathan Macena (PROS), o vereador do Careiro da Várzea Arnaldo Bandeira(PROS) e o prefeito do Careiro da Várzea, Ramiro Gonçalves(PMDB).

As principais reivindicadas estão voltadas à regularização do serviço e ao mesmo tempo o combate ao transporte clandestino que opera na região. Ao todo são 120 micro-ônibus que trafegam diariamente no careiro da várzea e 36 táxis também fazem o serviço de afretamento.

O prefeito do Careiro da Várzea, Ramiro Gonçalves, falou da preocupação em sua gestão de criar atrações para que mais pessoas visitem o município. “Vamos investir no turismo e em outras atividades que possam movimentar a cidade e fazer com que esses motoristas de transporte coletivo intermunicipal alcancem mais renda”.

O diretor-presidente da Arsam, Walter Cruz, sugeriu a criação no Careiro da Várzea de um Instituto de Transporte de Trânsito. “A vistoria da Arsam não tem como objetivo prejudicar ninguém, mas orientar e prestar serviços de qualidade à população. Chegamos a um bom entendimento, a reunião foi produtiva e as demandas nos próximos dias serão estudadas. O que o Governo do Estado do Amazonas quer é que todos os usuários usufruam o transporte intermunicipal com segurança e conforto” finaliza Cruz.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •