Artur Neto pede para policiais voltarem ao trabalho e se coloca a disposição para negociar com o governo - Fato Amazônico

Artur Neto pede para policiais voltarem ao trabalho e se coloca a disposição para negociar com o governo

O prefeito de Manaus Arthur Neto, em sua página pessoal do Facebook fez um apelo aos policiais militares que estavam organizando o movimento grevista. Pediu que retornassem ao serviço e negociassem formalmente e legalmente os benefícios que eles reivindicam com o movimento que iniciou na madrugada desta segunda-feira.

“Coloco-me a disposição para negociar com vocês e o Governo do Estado, pois a cidade que eu governo, e pela qual faço qualquer coisa, não pode sofrer com os problemas que uma greve de quem deve fazer a segurança da população pode causar”, disse o prefeito.

Artur Neto, declarou ser a favor que os trabalhadores busquem melhorias, mas ser contra greve de pessoas armadas devido ao perigo que isso representa e as conseqüências irreversíveis que uma paralisação assim representa.

O prefeito ainda mandou um recado aos políticos que estão incentivando tal movimento, atuando nas sombras das redes sociais e causando pânico na população. “Não há vitória com esse terror e tal ação vai sair pela culatra, revertendo-se em amarga derrota para quem apenas pensa em benefício próprio”, disparou Artur Neto.