Imagens captadas, sábado, 10, pela Associação da Transparência de Humaitá, revelam com absoluta incontestável exatidão a fragilidade da gestão medíocre do prefeito Herivaneo Vieira de Oliveira (PROS), conhecido como Herivaneo Seixas.

Esgoto à céu aberto, ruas esburacadas, em vários bairros como São Cristóvão, São Domingos, Nova Esperança – total ausência de saneamento básico – são simples, tímidas e pálidas amostras, por assim dizer, da ineficiente administração Herivaneo Vieira de Oliveira.

Ah! a prefeitura não tem disponibilidade de recursos, maquinário e pessoal suficientes para atender a todas as necessidades de urbanização da cidade, poderia alegar o prefeito. E com justa razão.

Ocorre que não é bem esse o problema de Herivaneo Vieira de Oliveira para tirar a população do lodo e dos constantes ataques de mosquitos que proliferam aos às margens das ruas por completa ausência de saneamento básico.

 

O problema de Herivaneo Vieira de Oliveira é bem mais grave: falta de criatividade, competência administrativa, compromisso público e, sobretudo, capacidade de articulação política.

Que tal um mutirão para melhorar as péssimas condições sanitárias da cidade? Não seria uma boa ideia? Como fazer? Enxada, terçado, um trator, uma caçamba e uma pá carregadeira.

Ah! e arregaçar a manga.

A reportagem do Fato Amazônico tentou ouvir o prefeito Herivaneo Seixas a respeito da denúncia, mas o celular 69-9811x729x, estava fora da área de serviço.