Um ataque a tiros na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, na manhã desta quarta-feira, 13, deixou dez mortos, incluindo os dois atiradores que se suicidaram, e dez feridos. 

Os atiradores foram identificados pela polícia como Luiz Henrique de Castro, que faria 26 anos este sábado (16) e o outro, Guilherme Taucci Monteiro de 17 anos. O governador de São Paulo esteve no local e decretou luto oficial de três dias.

Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos

 

Em entrevista da TV Record, uma estudante afirmou que conhecia um dos atiradores. “Ele era gente boa, mas nunca imaginei que ele faria uma coisa dessas”, disse  a aluna se referindo a Guilherme, o mais jovem.

Em informações preliminares da Band News, um dos jovens teria ficado um tempo na  Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação CASA/SP), anteriormente chamada “Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor” (FEBEM).

Em vídeo divulgado, é possível ver alguns corpos no chão. Por motivo de respeito, não colocaremos.

Em breve mais informações