O coordenador da campanha presidencial de Jair Bolsonaro, que está deixando a Secretaria de Governo, mandou um recado claro ao chefe. “Uma pessoa leal, sempre será leal. Já o desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça”, postou Gustavo Bebianno, que está sendo demitido, com apenas 45 dias de administração.

“A lealdade é um gesto bonito das boas amizades. Só consegue ser amigo quem aprende a ser leal”, apontou ainda em suas redes sociais.

O texto é atribuído ao escritor brasileiro Edgard Abbehusen e foi publicado por Bebianno no Instagram, segundo aponta reportagem do portal Uol.

“Saímos de qualquer lugar com a cabeça erguida ao carregar no coração a lealdade. É ela quem conduz os passos das pessoas que jamais irão se perder do caminho”, aponta ainda o texto.

Gustavo Bebianno chefiava interinamente o PSL quando da campanha eleitoral de 2018, sobre a qual recaem denúncias de uso de candidatos laranjas.

Pivô da crise dos laranjas, Bebianno esteve reunido com o presidente Jair Bolsonaro na tarde de ontem. Segundo a Folha de S.Paulo, a conversa entre eles teria sido ríspida, e o presidente, inclusive, já teria deixado o ato de exoneração assinado. (Com informações das agências)