Bi Garcia participa na CMM de homenagem aos 50 anos do Festival de Parintins - Fato Amazônico

Bi Garcia participa na CMM de homenagem aos 50 anos do Festival de Parintins

“Precisamos prestigiar, incentivar e difundir os eventos do Estado, em especial o festival de Parintins, que tem mais de 100 anos de brincadeira do boi-bumbá”, disse o deputado estadual Bi Garcia (PSDB), ontem ao participar na Câmara Municipal de Manaus (CMM) de Sessão Especial para homenagear o 50º aniversário do Festival Folclórico de Parintins.

De acordo com Bi Garcia para a cidade ter um melhor desenvolvimento econômico precisa do apoio ao festival, fonte maior de renda da população local.

O ex-prefeito de Parintins contabilizou, ainda, que o festival movimenta uma receita em torno de R$ 10 milhões. “Estamos trabalhando no sentido de trazer mais patrocínio, com propósito de fortalecer mais a cultura da cidade, e atrair mais investimentos”, concluiu o deputado.

A cerimônia de homenagem dos bumbás foi proposta pelo presidente da Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico (COMCPH), vereador Arlindo Júnior (PROS), ocorreu no plenário Adriano Jorge da Câmara Municipal, durante abertura das atividades parlamentares e contou com a participação da diretoria do Boi-Bumbá Caprichoso, dançarinos e personagens que compõe o boi azul e branco e autoridades locais.

Na sessão, presidida pelo vice-presidente da casa, vereador Hiram Nicolau (PSD), estiveram presentes para receber a homenagem, o presidente do Boi-Bumbá Caprichoso, Joilto Azêdo; do vice-presidente Rossy Amoedo, o representante do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Mauro Antony; o deputado estadual Bi Garcia; o chefe do gabinete civil do Município, Márcio Noronha, o titular da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, o representante da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva, além do cantor levantador de toada David Assayag, que abrilhantou a cerimônia.

Durante pronunciamento, o autor da homenagem destacou que tanto o boi Caprichoso quanto o boi Garantido representam a cultura do Amazonas. “Hoje quando viajamos para um congresso, ou para qualquer lugar do mundo, temos orgulho em dizer que temos um ritmo que envolve e empolga a todos. O ritmo do boi bumbá tomou conta do mundo”, ressaltou Arlindo Júnior. A mesma homenagem, dessa vez com a participação da diretoria do Boi-Bumbá Garantido e brincantes do boi vermelho e branco, será realizada no Plenário da Casa, na próxima quarta-feira (15), às 9h, com direito à Sessão Especial.

O parlamentar observou, ainda, que o Festival da Ilha Tupinambarana, não se resume na alegria do rufar dos tambores, mas contribui com a economia da cidade. “Quantas pessoas foram recompensadas por conta desta festa, não somente artistas, mas aquelas pessoas que fazem de suas barraquinhas um meio de renda familiar”, lembrou o vereador, ao acrescentar, ainda, que o festival precisa de mais apoio e divulgação, como a volta das tocadas nas rádios. “Não podemos deixar que essa festa enfraqueça”, disse Arlindo.

Em sua primeira oportunidade de estar na Casa Legislativa, Joilto Azêdo destacou a trajetória do festival, a qual, segundo ele, começou há muito tempo, construída por famílias como a de Luiz Gonzaga, Anselmo Vieira, Queiroz Filho, Odinéia Andrade, até hoje, se tornar em regime presidencialista. “Não podemos permitir que a história de nossos ancestrais acabe. Esta Casa tem dado exemplo de gratidão, não somente com a população de Manaus, mas com todo o Estado. Manaus criou uma afinidade com a cultura popular de Parintins, que economicamente se torna importante para os que ali residem”, observou Joilto Azêdo.

O presidente também agradeceu a oportunidade de poder trazer ao Plenário os torcedores do boi Caprichoso, marujeiros e alguns itens importantes como a rainha do Folclore, Sinhazinha da Fazenda, Cunhã-Poranga e o Tripa do boi, entre outros que compõem a nação azul e branca. “Agradeço a homenagem e contribuição ao festival. Esperamos continuar merecendo esse apoio, e nos comprometemos cuidar cada vez mais dessa festa”, prometeu Joilto Azêdo