Boatos de que corpos foram encontrados no Sul do Amazonas, leva Polícia Federal a emitir nota - Fato Amazônico

Boatos de que corpos foram encontrados no Sul do Amazonas, leva Polícia Federal a emitir nota

Mais um boato, na tarde desta segunda-feira, de que a Força Tarefa, composta por policiais federais, militares, da Força Nacional e homens do Exército Brasileiro, teriam encontrado os corpos dos três homens desaparecidos na região do Sul do Amazonas, mais uma vez causou uma movimentação intensa na imprensa, mas em nota a Polícia Federal, desmentiu e deixou claro que boatos e notas apócrifas lançadas através de sites e redes sociais não devem ser levadas em consideração, visto que nada acrescentam às investigações e ainda tomam tempo dos policiais para desmenti-las.

A informação, foi parar com a filha do funcionário da Eletrobrás Amazonas Energia Aldeney Ribeiro Salvador, Bárbara Michele, que chegou a falar com alguns jornalistas.

Na, nota emitida pela Polícia Federal, de Rondônia, Porto Velho, trazia apenas a informação de que ontem (domingo) os agentes encontraram no local peças de um carro, aparentemente tratando-se de um Gol, cujos os dados já estão sendo pesquisados junto a VW do Brasil.

Na nota a PF, diz que encontrou uma caixa de medicamento, que poderia ser de uma das vítimas. E deixa claro que as equipes continuam vasculhando a região à procura dos desaparecidos.

Os federais, solicitam ainda às comunidades de Humaitá, Apui e Santo Antônio do Matupi, que mantenham os ânimos serenos, para que a polícia possa concentrar seus esforços na investigação do caso.

Desaparecidos

O professor Steff Pinheiro de Souza, o representante comercial Luciano Ferreira Freire e o funcionário da Eletrobrás Amazonas Energia Aldeney Ribeiro Salvador, que desapareceram há 18 dias na Transamazônica, quando passavam de carro pela reserva indígena no dia 16 de dezembro. Há dez dias uma força-tarefa comandada pela Polícia Federal realiza buscas na região.