Foto: Dida Sampaio/Estadão

Estadão – O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 7, que vai pretende tirar o status de ministério do Trabalho. A pasta será incorporada a “outro ministério”, disse em coletiva de imprensa em Brasília. Ele não deu detalhes sobre a mudança. 

“O Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério”, afirmou. Bolsonaro deu a declaração após cumprir agenda no Superior Tribunal de Justiça (STJ) com o juiz Sérgio Moro, seu futuro ministro da Justiça. Bolsonaro também falou o número de ministérios de seu governo. “Talvez 17, é um bom número”, afirmou o presidente eleito. 

Mais informações em breve