A incompetência endêmica que contaminou o cérebro nanico de uma corja ordinária de vândalos enraizados na política amazonense fez-se sentir na madrugada desta sexta-feira, 26, com todo o seu asco nas principais avenidas de Manaus.
Centenas, milhares, montanhas de cartazes com o rosto do candidato Wilson Lima, com os  bordões utilizados não só na propaganda política do candidato e governador Amazonino Mendes, mas, também, por ele próprio, foram porcamente espalhados em Manaus como se a cidade fosse culpada pela derrota que se desenha lá pelos lados da mansão do Tarumã.
 “Você já sabe o que acontece quando um AVENTUREIRO inexperiente chegar ao poder. É só lembrar o que aconteceu no governo José Melo. VOCÊ DECIDE! Amazonense vota em Amazonense”.
Covardia, falta de criatividade, bairrismo exacerbado, pegajoso, nojento. Apelação, niilismo barato. Quanta vilania. Isso não vai vingar, claro, e os responsáveis devem ser rigorosamente responsabilizados pela brutalidade boçal, cafajeste e preceituosa pela grotesca panfletagem.
“Wilson Lima quer pagar 50 mil as famílias dos detentos mortos na chacina”.
Quem é que ao logo deste segundo turno ainda não ouviu o estapafúrdio disparate propaganda política dispara contra Wilson Lima?
Não há crime prefeito. Não há crime que não deixe as suas pegadas nefastas e odiosas no caminha da infâmia. A vigilante e competente Polícia Federal (PF) certamente já está no rastro dos criminosos e não terá dificuldade alguma de chegar a impressão digital de todos eles.
Assista ao vídeo: