Cabo da PM, discute com desafeto e acaba morto a tiros com sua própria arma - Fato Amazônico




Cabo da PM, discute com desafeto e acaba morto a tiros com sua própria arma

Uma discussão banal entre um cabo da Polícia Militar, José Leobonio Santos dos Reis, 49 anos e seu desafeto, Jorge de Souza Santos, 52, anos, acabou na morte do policial na tarde deste domingo. Ele foi morto a golpes de faca e com tiros disparados de sua própria arma de fogo pelo homicida que foi preso em flagrante, minutos depois do crime, por policiais militares da viatura 6168.

O crime ocorreu na Rua Visconde de Piratininga, próximo ao condomínio São Judas Tadeu, Parque das Laranjeiras, Zona Norte de Manaus.

De acordo com testemunhas, o cabo discutiu com Jorge, que desferiu um golpe de faca na vítima e quando ela agonizava no chão, o acusado tirou a arma da cintura do policial militar e disparou duas vezes contra José Leobonio, que morreu no local.

Jorge de Souza, foi apresentado por policiais militares no 12° Distrito Integrado de Polícia, no Parque das Laranjeiras, onde o auto de prisão em flagrante foi lavrado.