O presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Cabo Maciel (PR) iniciou segunda-feira (25) e ainda ontem (26) em uma extensa agenda de compromisso com reuniões e visitas de cortesias a integrantes da bancada amazonense e de outros Estados, na Câmara e no Senado Federal, em Brasília (DF).

Na capital federal, Cabo Maciel manteve a agenda de encontros, começando com o vice-líder do PR na Câmara Federal, deputado Marcelo Ramos, os deputados Capitão Alberto Neto (PSL), José Ricardo (PT), Bosco Saraiva (SDD) e o Delegado Pablo (PSL), além do vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Capitão Augusto (PR-SP), com quem tratou a reforma da Previdência para militares estaduais. O deputado também manteve visita de cortesia ao senador Eduardo Braga (MDB), no Senado da República.

Nos encontros, o deputado Cabo Maciel buscou apoio político da bancada federal para a criação das Universidades Federais do Médio e Baixo Amazonas e, também,  do Alto Solimões. Outros temas para o desenvolvimenro do Estado, como investimentos para as malhas viárias  (em especial a AM-010, que liga Manaus a Itacoatiara), rebaixamento do Linhão de Tucuruí em Itacoatiara que vai levar fibra ótica com internet de qualidade para o município e a reforma da Previdência para militares estaduais.

Fronteira

Os casos de ataques de “barrigas d’água” nos rios do Amazonas e o Projeto de Lei apresentado na Assembleia Legislativa, semana passada, pelo deputado Cabo Maciel para a criação do Comando Especial de Fronteira também foram pauta dos trabalhos em Brasília.

O deputado do PR disse que o primeiro dia em Brasília foi bastante produtivo com outros encontros agendados na Câmara e no Senado. Cabo Maciel considera que a reforma da Previdência tem que ser bastante discutida, principalmente quando se trata do Estado amazonense.

“Conversei com o Capitão Augusto e ele me garantiu que o governo Bolsonaro está tratando a reforma da Previdência para os militares com muita atenção. Fiz um pedido pessoal ao deputado para que a reforma venha para beneficiar todos os militares”, disse Cabo Maciel.