O deputado Cabo Maciel (PR) denunciou da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), na Sessão Plenária de ontem (13/11), a situação precária pela qual passam os alunos soldados da Polícia Militar do Amazonas. Segundo o parlamentar, os 28 alunos do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap), estão há cinco meses sem receber a bolsa a qual têm direito, porque eles estariam sem a matrícula na PM.

Por conta dessa situação, o deputado disse que esses alunos, muitos vindo do interior, não têm como pagar aluguel ou custear a alimentação. “Alguns estão passando fome, vivendo da ajuda de terceiros”, disse Cabo Maciel, lembrando o curso exige esforço físico, já questão sendo treinados para trabalhar nas ruas. “Como fazer esforço físico sem se alimentar direito”, questionou.

Cabo Maciel apelou ao governador Amazonino Mendes (PDT) que dê celeridade ao processo, para gerar matrícula desses alunos, que já está na Casa Civil. Segundo o deputado, hoje mesmo vai falar com secretário Arthur Lins para resolver de imediato essa situação, que envolve a vida de vários alunos soldados que estão passando por várias privações.

“Qual a formação que esses futuros servidores estão tendo ali dentro da escola da PM para posteriormente servirem ao povo do Amazonas”, questionou o deputado.