Câmara de Santa Isabel pode criar CPI para apurar irregularidades em licitação e superfaturamento praticados pelo prefeito - Fato Amazônico

Câmara de Santa Isabel pode criar CPI para apurar irregularidades em licitação e superfaturamento praticados pelo prefeito

A Câmara Municipal de Santa Isabel do Rio Negro poderá criar Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades pelo chefe do Executivo Municipal, Araildo Mendes do Nascimento, o “Careca” conforme Requerimento 001/2017 de autoria dos vereadores Evandro Slva de Aquino (PT), Jucirley da Silva Maximiliano (PHS) e Maria Elizangela da Silva Melgueiro (PMDB).

Segundo assinam o vereadores, há indícios muito forte de irregularidades nos processos licitatórios e superfaturamento nas licitações e contratos com empresas vencedoras que fornecem materiais e prestam serviço para a prefeitura Municipal.

Uma das empresas apontadas pelos parlamentares, é a Andrew Cunha Lobo Eirele – EPP, contrata para presta serviço com o fornecimento de fardamento escolar a serem utilizados no desfile da semana do Amazonas e da Pátria em 2017. O contrato, de acordo com publicação do Diário Oficial dos Municípios é de  R$ 79.740,00, considerado exorbitante pelos vereadores.

O outro contrato, correspondente a R$ 311.340,00, foi homologado em nome da empresa RE Recuperação de Materiais de Resíduos Não Perigosos LTDA -ME, especializada na prestação de serviço de coleta de resíduos hospitalares.

O contrato foi autorizado no dia 11  setembro deste ano.

Veja os documentos 

 

Careca quando assumiu Santa Isabel comprou mais de R$ 500 mil de medicação, mas não entregou por desavenças políticas