Camelôs desocupam pacificamente área pública na Zona Leste - Fato Amazônico

Camelôs desocupam pacificamente área pública na Zona Leste

Camelôs que ocupavam irregularmente uma área pública, localizada entre o complexo viário Engenheiro Luiz Augusto Veiga Soares e o UAI Shopping São José, no bairro São José, Zona Leste da cidade deixaram o local pacificamente, a pedido do titular da Secretaria Municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento, Secretário Fábio Pacheco, na tarde da última segunda-feira (30).

O secretário foi pessoalmente convocar os camelôs daquela área para participarem de uma reunião no auditório da Sempab, que aconteceu na manhã do mesmo dia, com a participação do Secretário do Fundo Municipal dee Fomento à Micro e Pequena Empresa (Fumipeq), David Reis.

Durante a reunião, Fábio Pacheco explicou aos trabalhadores informaisque eles não poderiam continuar ocupando aquela área pública e fez uma apresentação sobre a nova padronização de barracas que está sendo exigida pela Prefeitura de Manaus.

“Conseguimos, por meio da verbalização, fazer com que esses ambulantes que estavam ocupando desordenadamente aquele espaço público entendessem que não poderiam ficar ali, pois estavam destruindo uma área verde. Fiquei feliz porque eles atenderam nosso pedido sem resistência”. Completou.

Segundo o secretário, os camelôs não irão ficar desamparados. “Todo cidadão tem o direito de ter oportunidades de trabalho, e com essas pessoas não será diferente. Vamos colocá-los num outro espaço, mas de forma organizada e padronizada. Para isto contamos com a parceria do Fumipeq que irá disponibilizar uma linha de crédito para estes ambulantes que estão sendo cadastrados na Sempab e que futuramente serão reconhecidos como autorizatários”. Concluiu.

No espaço será implantado o projeto de revitalização urbana da prefeitura,“Meio Ambiente Verde”, numa parceria entre as secretarias municipais de Infraestrutura (Seminf), de Governo (Semgov), de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e o Fundo Municipal de Fomento à Micro e Pequena Empresa (Fumipeq). O objetivo é revitalizar a área e incentivar a arborização.