O vocalista da banda Forró na Pegada, Gabriel Tavares Lopes, conhecido como Biell Loop, denunciado na madrugada da terça-feira (5), pela deputada Joana Darc (PR), pelo crime de maus tratos (estupro) a um porco, já tem outro problema com a Justiça.

Em janeiro de 2017 ele foi preso em flagrante por policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (ROCAM), de posse de uma pistola calibre 380 e responde ao processo na 10ª Vara Criminal.

De acordo com os autos do processo, no dia 20 de janeiro de 2017, os policiais faziam patrulhamento na rua Ibirapuera, Conjunto Cophasa, Nova Esperança, Zona Oeste de Manaus, quando prenderam Gabriel Tavares.

A pistola apreendida dentro do guarda-roupa da casa de Gabriel Lopes, que ele disse em depoimento ter comprado pelo valor de R$ 2 mil de um pedreiro, pertencia ao policial militar Isac Vidal dos Santos.

De acordo com Boletim de Ocorrência registrado no 12° DIP, o PM esqueceu a arma em cima do capô de seu veículo dia 26 de outubro de 2015 e quando trafegava em uma via no bairro de Santo Antônio, a arma caiu e um motoqueiro pegou.

E foi justamente em 2015 que Gabriel Tavares disse ter comprado a pistola de um pedreiro identificado apenas por “Gustavo”, que ele garantiu ter morrido.

Denunciado por relação com animal

O vocalista da banda de Forró na Pegada, Gabriel Tavares, conhecido como Biell Loop, foi denunciado deputada Joana Darc (PR), pelo crime de maus tratos (estupro) a um porco.

Após receber imagens do cantor praticando sexo com o animal, Joana Darc, foi até o Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas, onde realizou boletim de ocorrência contra Biell.

Ao lado dos policiais, que estavam sob o comando do Tenente Adailson, Joana foi até o lugar onde o cantor realizava um show e acompanhou a sua notificação.

De acordo com a deputada Joana Darc, Biell terá que comparecer a Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (DEMA), já na quinta-feira (7), para prestar esclarecimentos quanto ao caso que viralizou nas mídias sociais. Ele infringiu a Lei de Crimes Ambientais n◦ 9605/98 Art. 32 e incisos.

“Isso é crime, você vai responder. Vou fazer o possível e o impossível para você ser responsabilizado. Saiba que tem muita gente vigilante e que ninguém aceita esse tipo de coisa. Quem faz isso com um animal, faz com uma mulher, uma criança, um idoso”, disse Joana ao encontrar o infrator.

Em Manaus, cantor Biell Loop, da Banda Forró na Pegada, é denunciado por praticar sexo com porco – Confira o Vídeo