Caprichoso desembarca materiais para execução do projeto boi de arena - Fato Amazônico

Caprichoso desembarca materiais para execução do projeto boi de arena

Vinte e uma tonelada de ferro, além de duzentos blocos de isopor, são descarregados pelo Boi-Bumbá Caprichoso para construção das estruturas alegóricas do projeto de arena 2015 “Amazônia”. A primeira remessa de isopor começou a chegar a Parintins sábado, dia 18. Nesta segunda-feira, 20, uma balsa aportou na cidade com o carregamento de ferro para desembarque e transporte até o “Galpão das Artes Mestre Jair Mendes”.

Os materiais atendem às necessidades dos artistas plásticos concentrados nos galpões de alegorias do Caprichoso desde o dia 23 de março. “Isso é um planejamento que foi feito há mais de 20 dias. Parte dos materiais já se encontra em Parintins e será entregue aos artistas. Acompanhamos tudo o que o galpão precisa. Esse é o começo de um trabalho que será concluído até uma semana antes do festival”, afirma o presidente do Caprichoso, Joilto Azêdo.

No galpão, o presidente assegura que os trabalhos dos 16 artistas estão bem adiantados e a todo vapor, porque o Conselho de Artes desenvolveu um plano de organização das bases alegóricas. O diretor administrativo do Caprichoso, Elias Michiles, informa que a compra de materiais de montagem das alegorias acontecerá de acordo com a demanda dos artistas plásticos.