Uma carreta da empresa Vizone tombou no trecho conhecido por “piscinão” da BR-319 entre a Balsa do Igapó Açu e a entrada do ramal que liga a rodovia ao município de Manicoré.

Na frente do veículo, uma foto em destaque do presidente Bolsonaro, era exibida pelos empresários da Vizone que, como milhares de amazonenses, apostaram na proposta do presidente eleito de revitalização da rodoria.

A homenagem, infelizmente, não corresponde com as prioridades do governo Bolsonaro.

De com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em entrevista concedida do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, uma série de investimentos em rodovias federais de todo o País, num pacote de obras com valores que giram em torno dos R$ 100 bilhões, está definida para os quatro anos. São várias as rodovias contempladas. A BR-319, NÃO.

A rodovia está excluída do plano de investimentos prioritários em infraestrutura do governo Jair Bolsonaro (PSL) para os próximos quatro anos.

BR-319 fica de fora do projeto de investimento de mais de 100 bilhões em rodovias federais