O ano letivo nos Centros Socioeducativos, gerenciados pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), iniciou ontem (15/2), com uma cerimônia na sede do Departamento de Atendimento Socioeducativo (Dase), localizado na avenida Desembargador João Machado, nº 3, bairro Alvorada I, zona centro-oeste.

Atualmente, o Centro Socioeducativo Senador Raimundo Parente, Dagmar Feitosa, o Centro de Internação Feminina, a Unidade de Internação Provisória Masculina e Feminina e o Centro Socioeducativo de Semiliberdade Masculino contam com 70 internos. Para planejar as atividades que serão realizadas este ano, os professores da Escola Estadual Josephina de Melo, que oferece atividades aos internos do socioeducativo, participaram de uma capacitação e debate sobre o rendimento, atividades, projetos e programas realizados pelo departamento.

Além da educação regular, os espaços também oferecem atividades extracurriculares como rodas de conversa, acompanhamento psicológico, aconselhamento individual, oficinas terapêuticas, palestras, cursos profissionalizantes e atividades esportivas.

Segundo a secretária Caroline Braz, titular da Sejusc, a educação aplicada no espaço é um objeto de transformação social. “Esses adolescentes têm abraçado as oportunidades que são oferecidas e nós já temos bons resultados do trabalho que vem sendo realizado em nossos centros socioeducativos”, comenta. “Estamos em busca de parcerias, tanto de órgãos governamentais quanto de empresas privadas, para melhorar esse atendimento”, destaca a secretária.