Cheia do Rio Amazonas levará Garantido a deixar os galpões onde estão sendo construídas as alegorias - Fato Amazônico

Cheia do Rio Amazonas levará Garantido a deixar os galpões onde estão sendo construídas as alegorias

Parintins – A cheia do Rio Amazonas já atinge os galpões da Cidade Garantido e o boi montou uma estratégia de retirada de alegorias. Ás águas chegaram a fiação elétrica do complexo, que é subterrânea, e compromete o trabalho dos artistas. Mas, o presidente Telo Pinto informou que não será necessário o bumbá se mudar para a concentração do Bumbódromo, como aconteceu em 2009, na grande enchente.

O Garantido utilizará o curral e demais ambientes da área externa dos prédios e deverá transferir os ensaios para o curralzinho da Baixa. “Montamos um planejamento estratégico caso a enchente comprometa os trabalhos de confecção dos módulos alegóricos e alague completamente as dependências dos galpões da Cidade Garantido”, disse o presidente.

De acordo com o presidente da agremiação Telo Pinto, para o trabalho dos artistas serão disponibilizadas as áreas externas da Cidade Garantido, tanto no pátio do complexo físico do bumbá, como do curral onde são realizados os shows para a confecção das alegorias, enquanto todos os ensaios serão direcionados para o curral da Baixa de São José.

“Uma equipe da comissão de arte e da diretoria administrativa irá fazer um estudo técnico para uma reforma e reestruturação do curral da Baixa para os ensaios diários e os ensaios shows aos finais de semana”, ressaltou Telo.

Telo afirma que o Garantido este ano tem um desafio a mais que é a enchente. “Por isso temos um plano alternativo de ação. Quero parabenizar os artistas de alegorias e de tribos que conseguiram fazer um trabalho maravilhoso de reciclagem esse ano. Eles tiraram leite de pedra e reciclaram o máximo”, disse.

Para tomar a medida, o presidente Telo Pinto reuniu com todos os segmentos do bumbá. Telo assegurou que apesar das dificuldades, a intenção da diretoria hoje é vencer o festival. “Faremos isso com certeza. Assim conseguiremos formatar toda a estrutura de arena e levar o boi do mestre Lindolfo Monteverde ao bicampeonato”, disse o presidente.