Circuito de Artes Visuais segue com exposições até o final de outubro - Fato Amazônico

Circuito de Artes Visuais segue com exposições até o final de outubro

Ao todo, 70 artistas foram selecionados para expor cerca de 200 obras de arte em diversas galerias e espaços do Centro de Manaus

O Circuito de Artes Visuais, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, continua até o próximo dia 31 de outubro, terça-feira. Ao todo, 70 artistas foram selecionados para expor cerca de 200 obras de arte em  diversas galerias e espaços, como o Centro Cultural Palácio da Justiça, a Casa das Artes e a Galeria do Largo. As galerias funcionam de segunda-feira a sexta-feira, das 13h às 17h.

De acordo com o curador da exposição, Aníbal Turenko Beça, trabalhos de artistas de várias gerações foram reunidos com objetivo de mesclar os conhecimentos de diferentes artistas.

“Na hora de organizar as obras, eu e Cléia Viana, que também é curadora da exposição,  tivemos a ideia de misturar gerações em diversas galerias porque, quando colocamos gente para expor pela primeira vez em galerias que eram consideradas elitizadas, nós subvertemos essa ideia que separa as gerações. Dessa maneira, os trabalhos acabam conversando entre si”, explicou.

Criações – Entre os artistas, estão nomes como Otoni Mesquita, Nádja Kristhina, Helen Rossy, Roberto Evangelista, Mário de Paula, Manaus Macaco, Eli Bacelar, Óscar Ramos, Van Pereira e Zeca Nazaré, que produziram obras sobre a realidade amazônica, centros urbanos e heróis de quadrinhos, por exemplo. Aníbal comenta que os artistas, oriundos de algumas cidades do interior e também da capital, desenvolveram criações sobre os mais diversos temas que, segundo ele, se relacionam e se complementam.

“Os trabalhos conversam entre si porque todos eles falam sobre a realidade amazônica, sobre Manaus, tanto nas representações, quanto nas possibilidades que nós temos. Tem gente que expôs grafites, quadrinhos e também vídeos feitos a partir desses quadrinhos, além de obras sensoriais de pessoas de Manaus e do interior”, comenta.

Espaços – O circuito de exibição abrange 13 espaços, dentre centros culturais e locais públicos. A Galeria do Largo e a Casa das Artes, no Largo de São Sebastião, mais o Centro Cultural Palácio da Justiça, na avenida Eduardo Ribeiro, reúnem juntas as obras de 57 artistas participantes do projeto. Já o tapume da Santa Casa de Misericórdia de Manaus serve de suporte às criações de dez artistas do grafite.

As fachadas de restaurantes, bares e outros estabelecimentos do Largo de São Sebastião e arredores também integram o circuito, exibindo reproduções de obras célebres do acervo da Pinacoteca do Amazonas. São eles Palácio da Justiça, Museu Casa Eduardo Ribeiro, Casa do Açaí, Bar do Armando, Sorveteria Barbarella, African House, Casa do Pensador, Tacacá da Gisela, Banca do Largo e Sorveteria do Carioca.

Todas as exibições do Circuito de Artes Visuais têm entrada gratuita, com galerias abertas ao público em geral de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h.