Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Até a próxima sexta-feira, 24/11, a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi) recebe a documentação dos 11.287 candidatos classificados na Primeira Chamada do Programa Bolsa Universidade 2018. Nesta edição, que registrou o número recorde de 65.823 inscritos, 13 instituições terão bolsas.

A entrega de documentos iniciou na última terça-feira, 21/11, e o  Bolsa Universidade ofertou, para o ano letivo de 2018, 16.174 bolsas de 50%, 75% e 100%, nas instituições Martha Falcão, La Salle, Nilton Lins, Marterdei, Fucapi, Fametro, IAES, Dom Bosco, Boas Novas, Ciesa, Uninorte, Esbam e Maurício de Nassau.

“Essa etapa garante a seriedade do processo seletivo, como determina o prefeito Arthur Virgílio Neto, pois é o momento em que o candidato comprova todas as informações fornecidas ao fazer a inscrição”, disse a diretora geral da Espi, Stella Cyrino.

A relação de documentos está disponível no portalespi.manaus.am.gov.br e os classificados devem comparecer, das 8h às 18h, na sede da Espi, localizada na avenida Professor Nilton Lins, 3.259, Bloco D, Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul de Manaus.

Após a entrega dos documentos pessoais e comprobatórios de renda e escolaridade, os classificados recebem uma declaração e são encaminhados à Instituição de Ensino Superior (IES) para a qual foram contemplados.

Previsto para encerrar no dia 13 de dezembro, o processo seletivo prevê a realização, ainda, das etapas de Segunda Chamada (27/11) e Remanejamento (4 a 6 de dezembro).

 

Aplicativo

Nos dias da entrega de documentos, os novos bolsistas estão sendo orientados a responder uma enquete realizada pelo aplicativo OppineBox. A ferramenta, disponível para Android e IOS, vai ajudar a identificar o perfil dos candidatos e avaliar itens como dificuldades no processo de inscrição e qualidade do atendimento.

“Queremos saber o que os nossos candidatos precisam e, assim, buscar fazer sempre o melhor para o programa”, destacou a diretora Stela Cyrino, acrescentando que a enquete é voltada para todos os que se inscreveram no PBU 2018, incluindo os que não foram classificados.

Para participar, o usuário deve clicar em “Eventos” e, em seguida, em “Bolsa Universidade 2018” para responder as perguntas. Apenas os que concluírem o questionário concorrerão ao sorteio de prêmios, ofertados pela própria empresa desenvolvedora do aplicativo.

Bolsa integral

A expectativa de voltar ao mercado de trabalho formal foi o incentivo do novo bolsista Denilton Antônio Bitencourt Dias, 39. Contemplado com bolsa integral para Engenharia Elétrica na Fametro, ele celebra a volta aos estudos após 17 anos. 

“Sempre trabalhei na área da construção civil e este ano, por necessidade, resolvi me inscrever pela primeira vez no Bolsa Universidade.  Na minha casa, todos estão desempregados e ninguém tem graduação. Só evolui quem estuda e penso que, se tivesse começado lá atrás, não estaria nesse ‘perrengue’, mas nunca é tarde”, avaliou.

Em nove edições, já foram contempladas mais de 76 mil pessoas pelo Bolsa Universidade. Regido pela Lei n.º 1.931 de 19 de novembro de 2014 e regulamentado pelo Decreto n.º 2.981 de 22 de dezembro de 2014, o programa é voltado para moradores de Manaus que não tenham diploma de Ensino Superior nem estejam matriculados em universidade pública e que apresentem renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •