CMM realiza Sessão Especial pelos 50 anos do Centro Educacional Adalberto Valle - Fato Amazônico

CMM realiza Sessão Especial pelos 50 anos do Centro Educacional Adalberto Valle

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) promoveu uma Sessão Especial ontem em homenagem aos 50 anos de criação do Centro Educacional Adalberto Valle (CEAV). Proposta pela vereadora professora Therezinha Ruiz (DEM), a sessão contou com a participação da equipe de professores e coordenadores pedagógicos da escola, além de mais de 70 alunos da instituição, que levaram para o plenário da Casa Legislativa algumas das atividades desenvolvidas, como a Orquestra de Violinos, a Fanfarra e um robô construído nas aulas de robótica.

“O Adalberto Valle é uma das instituições particulares mais antigas de Manaus. Pelo trabalho que desenvolveu ao longo dos anos, contribuindo para formar futuros médicos, advogados, engenheiros, e demais profissionais para a nossa sociedade, nada mais justo que prestar esta homenagem no ano do seu Jubileu de Ouro”, destacou Therezinha. Ainda de acordo com a parlamentar, que preside a Comissão de Educação (COMED/CMM), outras instituições de ensino deverão ser homenageadas ao longo do ano.

A diretora do CEAV, irmã Leopoldina Sampaio, foi representada pela coordenadora geral do colégio, Ivana Valéria Aranão, que em nome da equipe de professores e demais colaboradores da instituição de ensino agradeceu a homenagem.

Talentos

As apresentações foram os pontos marcantes da sessão, com a execução do Hino Nacional e da Nona Sinfonia de Beethoven, pela Orquestra de Violinos, comandada pelo maestro Gustavo Medina, e da Fanfarra coordenada pelo professor Pedro Penalber – que apresentou “Como é grande o meu amor por você” e “Parabéns pra você” -, juntamente com a demonstração do robô desenvolvido por alunos da escola. “Trouxemos aqui uma pequena demonstração das atividades desenvolvidas pelos nossos alunos como música e robótica, as quais mostram que o Adalberto Valle é uma escola holística, que pensa no aluno como um todo, como um ser social”, enfatizou Ivana, que há 20 anos trabalha no CEAV.

Os vereadores Gilmar Nascimento (PDT) e Socorro Sampaio (PP), que também participaram da solenidade, destacaram a importância da missão desenvolvida pelos professores do colégio, bem como o compromisso de oferecer uma formação diversificada e cristã aos alunos.

Colégio

Com um público de 2.500 alunos que vão da Educação Infantil ao Ensino Médio, o CEAV dispõem de duas unidades de ensino. A mais antiga, situada no centro de Manaus, trabalha com 250 estudantes nos turnos matutino e vespertino. A unidade do conjunto Morada do Sol, no bairro Aleixo, Zona Centro-Sul atende os demais 2.250 alunos. O colégio é administrado pelas irmãs missionárias capuchinhas.