Trabalho dos bombeiros nos destroços — Foto: Raísa Pires/G1

Nove pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois trens que colidiram na altura da estação de São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira (27).

Entre os feridos está o maquinista da SuperVia que ficou preso entre as ferragens de uma das composições. A colisão aconteceu entre um trem do ramal de Deodoro, que seguia para a Central, e bateu de frente com outra composição. O acidente aconteceu por volta das 6h30. 

Bombeiros e funcionários da Supervia trabalham no local e a área está isolada. O choque foi tão violento que uma das maiores dificuldades encontradas pelos bombeiros no resgate é que a cabine onde acabou se desprendendo do chassi é onde o maquinista está preso entre as ferragens.

Passageiros que estavam em um dos trens contam que ficaram assustados no momento da colisão e que muita gente caiu. Segundo Andreia Mathias, que estava a caminho do trabalho, apenas quando as pessoas que estavam nos vagões de trás saíram do trem é que perceberam a gravidade do que havia ocorrido.

Investigação

Em nota, a concessionária informou que uma sindicância foi instaurada para apurar as causas do acidente.

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) informou, em nota, que está investigando as circunstâncias do acidente. (Com informações G1)