Colorado tornou-se o primeiro Estado americano a comercializar legalmente a maconha para uso recreativo - Fato Amazônico




Colorado tornou-se o primeiro Estado americano a comercializar legalmente a maconha para uso recreativo

Norte-americanos fazem fila para comprar maconha legal.

Plantio e venda da droga para maiores de 21 anos começou na quarta-feira (1), no Estado do Colorado.

DENVER, EUA. Proprietários das primeiras lojas de maconha licenciadas para vender a droga para uso recreativo no Colorado, nos Estados Unidos, começaram a comercializar o produto ontem. Logo cedo, os proprietários dos estabelecimentos já se ocupavam em preparar os cigarros e estocar a erva antes do início das vendas, que marcam um novo capítulo no relacionamento entre a cultura norte-americana e as drogas.

Algumas pessoas chegaram a fazer fila na porta das lojas, portando potes para guardar o produto. O clima era de comemoração ao direito de comprar a erva. Nem mesmo a neve que caiu ao fim da manhã espantou a clientela.

As vendas começaram às 8h. Na loja 3D Cannabis, o veterano da Guerra do Iraque, Sean Azzariti, foi o primeiro cliente a efetuar a compra. Ele foi uma figura de destaque nos anúncios da campanha pela legalização, nas quais dizia que esperava usar maconha para aliviar um transtorno de estresse pós-traumático. Ele pagou US$ 59,74 pelo produto.

Brandon Harris também era um dos primeiros da fila. Ele dirigiu 20 horas para ir de Ohio até Denver para participar da data histórica, e contou ao jornal “The Denver Post” que o sacrifício pela erva vai além. “Estou me preparando para me tornar um residente da cidade”, disse à publicação.

Pelo menos 37 lojas em todo o Estado foram totalmente licenciadas a vender maconha para pessoas com mais de 21 anos, para qualquer finalidade, de acordo com as listas oficiais em Denver.

Mercado. Ao iniciarem as atividades, os comerciantes lançam um mercado de maconha sem precedentes, que as autoridades do Colorado esperam que gere US$ 578 milhões por ano, incluindo US$ 67 milhões em tributos para o Estado.

A posse, o plantio e o consumo recreativo privado e pessoal de maconha para adultos é legal no Colorado há mais de um ano, depois da aprovação num referendo.

Agora, a maconha passa a ser produzida e vendida ao público legalmente e recolherá impostos num sistema semelhante ao que muitos Estados dos EUA implementam para a venda de álcool, mas que nunca foi aplicado em nenhum lugar do mundo para a erva.

A maconha continua ilegal pela lei federal, mas o governo de Barack Obama tem dito que vai dar aos Estados a liberdade para ter os seus próprios estatutos para uso recreativo.

Washington

Liberado. Washington é o único outro Estado norte-americano onde o uso de maconha para fins recreativos por adultos é permitido; o governo local deve permitir a abertura de lojas até o fim de 2014.

O TEMPO