Nesta quinta-feira (24), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, se reuniu com parte de seu secretariado para discutir os projetos que serão executados em 2019. O enfoque do encontro também foi acompanhar a execução de obras em andamento, além de firmar metas e prazos rígidos para a conclusão dos serviços que incluem obras nas áreas de infraestrutura e mobilidade urbana, educação e saúde.

“Foi uma das reuniões mais produtivas que nós realizamos ao longo de nosso período de governo. Pegamos a lista das obras que queremos e vamos realizar em 2019 e analisamos minuciosamente seus projetos. Falei com firmeza com todos para que entendam que prazos devem ser cumpridos”, disse o prefeito.

Durante a reunião, foi debatido o status de cada obra que a prefeitura programa para este ano, por meio de um aplicativo exclusivo da prefeitura para acompanhamento dos serviços. Segundo o prefeito, dessa forma, o acompanhamento será mais rígido evitando atrasos em todo o processo de execução da obra desde a licitação até sua conclusão.

“Com esse aplicativo temos condições de acompanhar o status de cada plano de obra, ou seja, como está o prazo da licitação, que dia e qual o prazo para a realização da obra. Temos o acompanhamento de todos os processos nas mãos e por isso estamos trabalhando assim”, explicou Arthur.

Ainda segundo o prefeito, durante a reunião, ele ligou para alguns empreiteiros que estão com obras atrasadas e alertou sobre possíveis penalidades que devem receber caso não se adequem a prazos e a nova metodologia de trabalho.

“Liguei para cada um que está com trabalhos em atraso e disse que serão notificados, pois receber e atrasar obras irá resultar em uma declaração de inidoneidade o que vai impedir de fazerem transações na cidade de Manaus. Vamos acompanhar todo processo pelo nosso aplicativo e também visitando as obras de surpresa para acompanhar o andamento dos trabalhos. Queremos realizar talvez o mais ambicioso programa de obras que Manaus já viu em sua história”, finalizou o prefeito.

Estiveram presentes à reunião secretários e técnicos das secretarias Municipais de Educação (Semed), de Finanças (Semef), de Infraestrutura (Seminf), de Comunicação (Semcom) e do Instituto Municipal  de Planejamento Urbano (Implurb).